PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

18 de nov de 2009

JACA - Artocarpus beterophyllus Lam. (A. integrifolius) - Propriedades Medicinais - 71


Flor

Fruto cortado

Fruto

Fruto na árvore


Árvore com frutos
JACA
FAMÍLIA: Moraceae
NOME CIENTÍFICO: Artocarpus beterophyllus Lam. (A. integrifolius)
NOME POPULAR: Jaca
PARTE USADA:Fruto
PRINCÍPIO ATIVO
Vitaminas e sais minerais
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
Tosse e expectorante
DESCRIÇÃO BOTÂNICA
Árvore que pode atingir até 20 metros de altura, copa mais ou menos piramidal, densa e frondosa, tronco robusto.
Folhas verde-escuras e brilhantes.
Flores de sexo separado.
O fruto é de forma ovalada, irregular, com casca grossa e áspera com pequenas saliências, verde, ou amarelada. Nascem diretamente do tronco e dos galhos mais grossos e chegam a pesar até 15 Kg. e medir até 40 cm. É um sincarpo, ou seja, infrutescência produzida pela fusão dos frutos formados pelos ovários de flores vizinhas.
Fruto cortado (note as sementes)
A parte comestível da jaca são os frutículos encontrados no interior dos grandes sincarpos. O interior do fruto é formado por vários gomos, sendo que cada gomo contém um grande caroço recoberto por uma polpa cremosa e branca, suculenta, viscosa e cheiro forte e característico, muito aromática. Os gomos podem ser de consistência um pouco endurecida ou mole, conhecidas popularmente de jaca-mole e jaca-dura. As sementes, que são tóxicas cruas, são comestíveis quando assadas, grelhadas ou cozidas. Seu gosto lembra o das castanhas, consideradas ligeiramente afrodisíacas.
O nome científico Artocarpus deriva dos vocábulos gregos artos = pão e karpos = fruto, e o epíteto específico heterophyllus deriva dos vocábulos também gregos heteron = distinto e phyllus = folha, relativo às folhas que são distintas (sem lobos) às da planta da fruta-pão. O nome popular do fruto "jaca" foi dado pelos índios e vem do Tupi, significa "cesta". O nome da fruta tem sido usado na expressão "enfiar o pé na jaca", para designar algum tipo de excesso ou extravagância promovida por alguém.
ORIGEM
A jaca é a maior de todas as frutas cultivadas, sendo muito popular em países do Sudeste da Ásia e da África. Foi introduzida no Brasil, pelos portugueses

COMPOSIÇÃO
A composição da polpa do fruto, por 100 gramas
água.............................................. 84%
carboidratos................................ 18,9g
proteínas...................................... 1,9g
gordura......................................... 0,1g
fibra ...............................................1,1g
cálcio......................................... 20mg
fósforo ......................................30mg
ferro ..........................................0,5mg
Vitamina A.......................... 540 U.I
tiamina................................... 30 U.I
SEMENTES
6,6%........................ de proteínas
25,8% ...............de carboidratos.
MODO DE USAR
*Fruto: ao natural os bagos são consumidos frescos pelo homem; processados compõem doces, compotas, polpas congeladas, refrescos, sucos, bebidas (licor). Os animais consomem o fruto fresco picado, em sua integra.
*Em medicina caseira o bago é utilizado no tratamento de tosses (propriedades expectorantes).
*Semente: rica em amido pode ser consumida assada; assada e moída produz farinha utilizável para preparo de biscoitos, doces, outros. Em medicina caseira a semente trata desarranjos intestinais.
PRECAUÇÕES
As sementes não devem ser ingeri das cruas, são tóxicas. Tornam-se comestíveis somente após serem assadas, grelhadas ou cozidas.
Fontes:
geocities.com
arara.fpt.wikipedia.org
portalsaofrancisco.com.br
Formatação e pesquisa: Hrubiales

Nenhum comentário:

Postar um comentário