PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

24 de fev de 2011

AVEIA - Avena sativa - Propriedades Medicinais - 102





Aveia descascada
FAMILIA
Gramíneas.
NOME CIENTÍFICO
Avena sativa
NOME POPULAR
No norte da Europa, desde há muitos séculos que se consome aveia. É o cereal tradicional do norte das Ilhas Britânicas, nomeadamente na Escócia e Irlanda, mas também na Inglaterra. Actualmente este cereal começa a fazer parte da alimentação de povos de todo o mundo. A aveia é considerada um cereal dos países frios e húmidos, pois aumenta a resistência do organismo ao frio
Portugal.: aveia; Esppanha.: avena [común], avena blanca; França.: avoine; Inglaterra.: oat
PARTES USADAS
Sementes.
PRINCÍPIO ATIVO
Avenina, avenaína, prolamina, amido, glicídios, proteínas, lipídios, lecitina, vitaminas A, E, B1, B2, B3 e B5, ácidos pantotênicos, enxofre, cobre, zinco, iodo, ferro, cálcio, fósforo, potássio, magnésio e manganês, albumina, açúcar, gomas, alcalóide trigomeline, pectina, ácido silícico e linóico, avenamina, substâncias hidrogenadas, aminoácidos alcalóides (trigolina, histamina, ergothioneína, hordenina).
COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL
Composição de aveia, em flocos, crua:

Quantidade
Energia (kcal)
Carb (g)
Prot (g)
Lip (g)
Fibras (g)
Cálcio (mg)
Magnésio (mg)
Fósforo (mg)
Ferro (mg)
Sódio(mg)
Potássio (mg)
Zinco (mg) 
Vit. B1 (mg)
Vit. B3 (mg)
 100g
394,0 
66,6 
 13,9
8,5 
 9,1
 48,0
119,0
153,0
4,4 
5,0 
 336,0
2,6 
0,55 
4,47 
 1 colher (sopa) - 10g
 39,4
 6,6
 1,39
0,85 
 0,91
 4,8
11,9
15,3
0,44
0,5 
 33,6
 0,26
 0,05
 0,4
UNICAMP, NEPA. TACO: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. 2.ed. Campinas: Unicamp, 2006. 77p.

PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
Diurética, antidepressiva, anti-stress, antidiabética, redutora do colesterol, nutritiva.
INDICAÇÕES
Combate a astenia e hemorróidas. Atua também na formação óssea e sangüínea.É reguladora dos intestinos, ajuda também a diminuir a taxa de colesterol.
Combate a gota, hemorróidas, artrite, nevralgia, avitaminose, arteriosclerose, ansiedade, diarréia, afecções do sistema urinário e hepático, males da pele, dispepsia e insônia. É indicada para casos de esgotamento físico e mental.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA

A planta da aveia é uma herbácea anual,  cresce até cerca de 1,5m de altura, mas há variedades de porte baixo (sessenta centímetros). Cada planta produz três a cinco colmos ocos, cujo diâmetro tem cerca de meio centímetro. As folhas são estreitas, com cerca de 1,5cm de largura e 25cm de comprimento. As flores desenvolvem-se em panículas terminais de dez a cinqüenta centímetros e se reproduzem em espiguetas providas de um pedúnculo curto. Em cada panícula podem existir de 20 a 120 espiguetas. O sistema de reprodução da aveia é do tipo autogâmico: as flores se autofecundam naturalmente, isto é, os grãos de pólen depositam-se no estigma da mesma flor.
ORIGEM
Originária do sul da Europa, adapta-se a quase todos os climas. No norte da Europa, desde há muitos séculos que se consome aveia. É o cereal tradicional do norte das Ilhas Britânicas, nomeadamente na Escócia e Irlanda, mas também na Inglaterra. Atualmente este cereal começa a fazer parte da alimentação de povos de todo o mundo. A aveia é considerada um cereal dos países frios e húmidos, pois aumenta a resistência do organismo ao frio.


PROCESSAMENTO DA AVEIA.

Apresenta-se no mercado em flocos médios  e  finos e moida, em forma de farelo e farinha. A aveia é um cereal com grandes benefícios para a saúde, pois é rica em proteínas, ferro e vitaminas, além de conter fibras.

Composta predominantemente por fibras solúveis, é recomendada para melhorar o funcionamento do intestino e ajudar a controlar e reduzir os níveis de colesterol.

Processamento da Aveia
MODO DE USAR
A decocção de 20g de sementes para 1 litro de água, fervida, coada e ingerida, elimina catarros, é diurético e anticirrose hepática.

Formatação e pesquisa: Helio Rubiales
centrovegetariano.org
cantoverde.org
pt.wikipedia.org
cca.ufsc.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário