PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

28 de fev de 2011

VIOLETA - Viola odorata - Propriedades Medicinais - 104

Ficheiro:Viola odorata Garden 060402Aw.jpg

FAMILIA
Violaceae
NOME CIENTÍFICO
Viola odorata
NOME POPULAR
Violeta-de-cheiro, violeta-perfumada, violeta roxa, amor-perfeito, violetinha. Espanha: violeta; França: violette; Inglaterra: Violet e Itália: violetta.
PARTE USADA
Folhas e flores.
PRINCÍPIO ATIVO
Alfa-ionona, beta-ionona, beta-sitosterol, eugenol, acido ferúlico, kaempferol, ácido málico, salicilato de metila, ácido palmítico, quercetina, rutina, escopoletina, vanilina.Violina, acido tânico e salicílico
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
Analgésica, antifúngica, antiinflamatória, antipirética, antitussígena, calmante, cicatrizante, diurética, emética, emoliente, expectorante, laxante, sedativa, sudorífera.
INDICAÇÕES
Acne, asma, bronquite, congestão linfática, dor de cabeça, dor de garganta, eczema pulmonar, enfisema, excesso de catarro na garganta e tosses catarrais em geral, furúnculos, hipertensão arterial, inflamações na boca, irritações na pele, melanoma, psoríase, resfriados, reumatismo, sarampo, tumores, úlceras.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA
Planta herbácea da família das violáceas, perene, acaule, rizoma espesso e vivazes, flores violáceas scuras, raramente lilás ou brancas, caracteríza-se por um cheiro suavíssimo, frutos em cápsulas. As folhas tem forma de coração, denteadas.
ORIGEM
Originárias da europa e ásia ocidental
MODO DE USAR
CHÁ
Chá dá folha da violeta foi utilizado como um laxante moderado e também para aliviar irritações e inflamações no peito, pulmão, pele, garganta e língua.
TÓPICO
São aplicadas compressas ou cataplasmas em cistos na mama e na pele. Também pode ser aplicada na parte de trás do pescoço um pano saturado em chá de violeta para aliviar dores de cabeça.
Usada em forma de papa em calos e verrugas e gargarejo para dores de garganta..
 CONTRA-INDICAÇÕES
Altas doses de rizomas e sementes causam severas gastrites, nervosismo e depressão circulatória e respiratória, caracterizados por vômitos e diarréias
A raiz não pode ser consumida por apresentar substâncias tóxicas que podem causas vômitos e diarréias
Fontes:
plantasmedicinaisefitoterapia.com.br
plantasquecuram.com.br

2 comentários:

  1. Vim conhecer seu espaço e gostei muito! Muito seleto e diversificado. Parabéns. A educação é a base do ser humano para sua vida em sociedade e para uma vida feliz. Também sou educador e vejo que nossa base holística é o caminho mais ameno a seguir, repleto de aprendizados diários em rumo a uma qualidade de vida equilibrada. E encontramos nas plantas a saúde para todos os males do corpo.
    Obs: Me tornei seu seguidor.
    Prof. José Carlos
    http://projetosead.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Onde posso adquirir o extrato de viola odorata?

    ResponderExcluir