PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

10 de jul de 2009

BANANA - Musa paradisiaca - Propriedades Medicinais - 04





Cacho de banana

Cacho de banana com o coração

Crescimento do cacho

Bananeira

Plantação de bananas

Desenho esquemático da morfologia da bananeira
BANANA
FAMÍLIA: Musaceae
NOME CIENTÍFICO: Musa paradisíaca
NOME POPULAR: Banana
PARTE USADA: Fruta
PRINCÍPIOS ATIVOS: Ácido ascórbico, tiamina, riboflavina, niacina
INDICAÇÕES
Cãibras, fadiga, alterações nos batimentos cardíacos, vários tipos de alergia, TPM, prisão de ventre, diarréia infantil e outras
DESCRIÇÃO BOTÂNICA
É uma árvore formada por folhas cujas bainhas supostas formam uma espécie de tronco, que não passa de um pseudotronco. O fruto forma cachos e, conforme a espécie, há cachos com mais de
200 frutas.

AS BANANAS MAIS CONHECIDAS
>BANANA-OURO: tem casca amarela e fina, com polpa também amarela. Mede de 5 a 7 cm. É ligeiramente encurvada. Conhecida no Norte e Nordeste do país com o nome de “inajá”, é uma das mais cultivadas.

>BANANA-PRATA: tem casca de cor amarela e polpa creme, medindo de 10 a 15 cm. É a mais popular.

>BANANA NANICA ou caturra: tem casca amarela e polpa brancacenta (creme). Em outras regiões, recebe o nome de banana d’água ou nanicão. O tamanho varia de 12 a 20 cm. É a mais cultivada, principalmente em São Paulo.

>BANANA MAÇÃ: tem casca fina e amarela, polpa branca, macia e perfumada. Mede de 5 a 10
cm. Por ser mais digestiva, é a mais indicada pelos pediatras para recém-nascidos.
ORIGEM
Não se conhece exatamente a origem e classificação botânica da banana. Muitos pesquisadores consideram-na oriunda da Ásia meridional, da Índia, onde é cultivada há milênios; outros, da América tropical. Nossos índios já a cultivavam na época do descobrimento do Brasil.

VALOR NUTRICIONAL
Valor nutritivo de 100 gramas de Banana Prata (valores apenas referenciais):
MACRO COMPONENTES
Água : 74,26 g – Energia:92 kcal – Proteína: 1,03 g – Lipídeos: 0,48 g – Carboidratos: 23,43 g – Fibra: 2,4 g.- Cinzas: 0,8 g.
MINERAIS
Cálcio (Ca): 6 mg – Ferro (Fé): 0,31 mg – Magnésio (Mg): 29 mg – Fósforo (P): 20 mg- Potássio K): 396 mg – Sódio (Na): 1 mg – Zinco: (Zn): 0,16 mg – Cobre (Cu): 0,1 mg – Manganês (Mn): 0,15 mg – Selênio (Se): 1,1 mcg.
VITAMINAS
A (Retinol): 81 IU – B1 (Tiamina): 0,04mg – B2 (Riboflavina): 0,1 mg – B3 (Niacina): 0,54 mg – B5 (Ácido Pantotênico): 0,26 mg – B6 (Piridoxina): 0,57 mcg – B9 (Ácido Fólico): 19,1 IU – C (Ácido Ascórbico): 9,1 mg – E (Tocoferol): 0,27 mg
NUTRIENTES E PROPRIEDADE TERAPÊUTICAS
*Combate a anemia, principalmente em grávidas e crianças, devido a ação do Ferro na hemoglobina do sangue;
*Usado contra algumas espécies de alergias, inclusive a febre do feno pela ação do manganês;
*O potássio ajuda ainda na transmissão dos impulsos nervosos;
*Recompõe a perda de potássio nos casos de diabetes, auxilia os pacientes com hipertensão ou com problemas cardíacos e, também, nos casos de diurese provocada em pessoas em regime de emagrecimento.
*A banana ainda possui o cálcio tão necessário para fortalecimento dos ossos, dentes e as células do nosso corpo.
*A vitamina A (beta caroteno), necessária para o funcionamento do sistema imunológico, ajudando a diminuir o tempo de duração das doenças;.
*A vitamina C (ácido ascórbico), ajuda a aumentar a imunidade e oferece proteção contra o câncer;
*A vitamina B1 (tiamina), que ajuda a manter normal o funcionamento do sistema nervoso, músculos e coração;
*A vitamina B2 (riboflavina), que ajuda na cicatrização das feridas;
*Vitamina B5 (niacina), que interfere no metabolismo das gorduras e açúcares.
*Alcaliniza o sangue no caso da acidez no estômago, facilitando a digestão.
*Estimula os rins na depuração de elementos tóxicos; no caso de infecção do fígado, ajuda no fortalecimento celular.
*Ela é ideal para integrar a dieta de mulheres que sofrem de síndrome da tensão pré-menstrual (a TPM).
*A banana maçã combate o colesterol e ajuda a evitar prisão de ventre;
*Uma pesquisa, vinda da Inglaterra, informa que a ingestão de bananas forma um fermento digestivo, do tipo dietético, que protege contra o câncer do estômago.
*Segundo pesquisadores da Alemanha, a ingestão de três bananas médias fornece cerca de 180 mg de magnésio. Mas o seu forte é uma grande quantidade de potássio, mineral necessário para contração muscular, evitando cãibras, fadiga e alterações nos batimentos cardíacos
*A banana é, também, ótima para combater a diarréia infantil, sendo o remédio provido pela Natureza para facilmente curá-la. Sendo assim, a dieta à base de banana, comumente recomendada pelos pediatras, é adequada – diz o professor William B. Greenough III, da Johns Hopkins University e presidente da Fundação Internacional para a Saúde da Criança.
*A banana é fonte essencial de energia e, sendo de fácil acesso e tornando a refeição ligeira, passou a ser o alimento ideal para os desportistas sujeitos aos grandes desgastes nos esforços físicos
Suas propriedades químicas diferem pouco de uma variedade para outra. E ela é conhecida, também, como uma das frutas mais higiênicas conhecidas, pois ao descascá-la não é necessário pegar na polpa.
Fontes:
-Lelington Lobo Franco, escritor, pesquisador, químico-fitologista (Curitiba, PR).
-Wikipédia
-agrojuris.eng.br
COLOQUE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER

Nenhum comentário:

Postar um comentário