PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

21 de jul de 2009

MELANCIA - Citrullus lanatus - Propriedades Medicinais -14






Flor

Melancia

Plantação e fruto (corte)

Fruto como é vendido

Folhagem e melnacia

Plantação (colheita)
MELANCIA
FAMÍLIA: Cucurbitaceae
NOME CIENTÍFICO: Citrullus lanatus
NOME POPULAR
melancia, watermelon (Inglaterra), Sandia (Espanha) . cocómero (itália) e Pastèque (França)
PARTE USADA: Fruto (polpa, casca e sementes)
PRINCÍPIO ATIVO
A melancia é uma das frutas mais ricas em vitaminas vendida no Brasil: vitaminas A, C, B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B6, B12, niacina, ácido fólico e biotina. O valor nutritivo do fruto é reduzido, A pigmentação vermelha da polpa da melancia é conferida pelo licopeno, um caroteno com elevada atividade anti-oxidante. Nas cultivares de polpa amarela a cor é conferida por beta-caroteno (pró-vitamina A) e por xantofilas.
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
É recomendada para quem tem pressão alta, reumatismo ou gota. O suco de melancia provoca eliminação de ácido úrico, além de limpar o estômago e o intestino. Também é eficaz no tratamento da acidez estomacal, obesidade, bronquites crônicas.
COMPOSIÇÃO
Valores expressos por 100 g de parte comestível

Macro-constituintes
Teor
Vitaminas
Teor
Minerais
Teor
Água
93%
Vitamina A
590IU
Cálcio
7mg
Energia
31kcal
Tiamina
0,03mg
Fósforo
10mg
Proteína
0,5%
Riboflavina
0,03mg
Sódio
1mg
Gorduras
0,2%
Niacina
0,2mg
Potássio
100mg
Carboidratos
6,4 %
Ácido ascórbico
7mg
Magnésio
10,2mg
Fibra
0,3%)
Vitamina B6
0,07mg
Ferro
0,5mg
Ácido pantoténico
0,3mg
Zinco
0,09mg
Ácido fólico
8mcg
Cobre
0,02mg
Biotina
3,6mcg

DESCRIÇÃO BOTÂNICA
Planta herbácea anual, apresenta hábitos rasteiros, com ramificações que podem alcançar de 3 a 5 metros de comprimento e raízes que se desenvolvem no sentido horizontal, concentrando-se nos 25/30 cm superficiais do solo, embora algumas raízes alcancem maiores profundidades.
A planta tem caule rasteiro, longo, ramificado, flexível, cilíndrico, coberto por pêlos e apresenta uma estrutura fina, longa e espiralada de fixação denominada gavinha. As folhas são bem recortadas, divididas em 3 lobos, e formadas ao longo do caule ou ramos.
As flores são solitárias, pequenas, de corola amarela. Permanecem abertas durante menos de um dia. Em cada pé há flores masculinas (em maior número) e femininas, produzidas separadamente nas axilas das folhas. As plantas que produzem flores masculinas e femininas, separadas numa mesma planta, são denominadas monóicas. As flores femininas são fáceis de serem identificadas, porque têm um ovário, com formato de frutinho, logo abaixo da flor. A polinização, já que o pólen constitui uma massa pegajosa, que não pode ser transportado pelo vento, é feita pelas abelhas que transportam os grãos de pólen da flor masculina para as femininas, sem a qual não há frutificação. Alguns produtores disseminam colméias de abelhas ao redor de seus campos de melancias para garantir uma melhor polinização.
O fruto é um pepônio. Pode ser arredondado ou alongado (alongada, podendo atingir 60 cm de comprimento). A casca é espessa (1 a 4 cm). O exocarpo é verde, claro ou escuro, de uma tonalidade única, listado ou rajado por manchas amareladas. A polpa é normalmente vermelha, podendo ser amarela, laranja, branca ou verde; com ou sem sementes. Nas espécies com sementes, essas são pequenas, chatas, negra, lisas e, ao contrário da maioria das outras cucurbitáceas, as sementes de melancia são repartidas desordenadamente por todo o fruto e não numa cavidade.
O caldo generoso e a polpa consistente da melancia são adocicados. Em geral, quanto mais madura a fruta, mais doce seu sabor. Porém, algumas vezes, este é insípido e sem graça e, então, só serve para alimentar os animais que nunca se fartam de comê-la.
a mesma do melão, da abóbora e do pepino)
ORIGEM: África
PROPRIEDADES MEDICINAIS
*As sementes da melancia são utilizadas em algumas regiões do país no preparo de uma bebida diurética e vermífuga, denominada orchata.
*Em virtude do seu conteúdo em cucurbocitrina, as sementes têm o poder de dilatar os vasos capilares, reduzindo a pressão arterial.
*Sementes torradas e aplicadas sobre qualquer ferida acalmam a dor.
*As sementes são ricas em lípidos.
*As sementes oleaginosas da melancia, trituradas, são úteis para o preparo de uma emulsão emoliente, que tem grande utilidade nas inflamações das vias urinárias
*Possui excelentes propriedades diuréticas, e por isso, é recomendada aos que tem problemas renais, nas dietas de emagrecimento, para pressão alta, reumatismo ou gota.
*O suco de melancia provoca eliminação de ácido úrico, além de limpar o estômago e o intestino. *Também é eficaz no tratamento da acidez estomacal, obesidade, bronquites crônicas, problemas de boca e garganta
* Misturada com um pouco de mel e limão, pode ser usada contra resfriados, catarros, excesso de bilis e o gosto amargo da boca.
* Protege contra o câncer e a oxidação celular (antioxidante)
*Pasta feita com polpa e casca de melancia trituradas é apliacada através de cataplas ou em sucos pincelados sobre a erisipela.
*A parte comestível contém apenas 6% de açúcar e 93% de água, o que faz a melancia ser um eficiente refrescante do sangue.
CONTRA-INDICAÇÕES
>Por ter um alto teor de água, deve ser consumida antes ou no intervalo das refeições e, nunca, após, pois pode tornar a digestão mais lenta.
>Por conter o aminoácido citrulina, deve ser evitada pelas pessoas que possuem artrite reumatóide e uma doença genética chamada citrulinemia.
Fontes
www.klickeducacao.com.br
Portalnatural.com.br
Portalsaofrancisco,com.br
www.correiogourmand.com.br
Wikipédia
Formataçao e pesquisa: HRubiales

Nenhum comentário:

Postar um comentário