PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

24 de set de 2009

MANDIOCA - Manihot esculenta Crantz-Propriedades Medicinais- 42





Flor

Mandioca

Folhagem

Muda

Planta

Raiz
MANDIOCA
FAMÍLIA: Euphorbiaceae
NOME CIENTÍFICO: Manihot esculenta Crantz
NOME POPULAR
Aipi, aipim, aimpim, candinga, castelinha, macamba, macaxeira, macaxera, mandioca-brava, mandioca-doce, mandioca-mansa, maniva, maniveira, moogo, mucamba, pão-da-américa, pão-de-pobre, pau-de-farinha, pau-farinha, tapioca, uaipi, xagala.
PARTE USADA: Raiz
PRINCÍPIO ATIVO
Cálcio, ferro, potássio, fósforo e sódio
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
A mandioca é um alimento bastante energético, contém, ainda, razoáveis quantidades de vitaminas do Complexo B, principalmente Niacina e minerais como o Cálcio, Fósforo e Ferro participam da formação dos ossos, dentes e sangue.
INDICAÇÃO
Alimento energético
Ciclo botânico
DESCRIÇÃO BOTÂNICA
A mandioca é uma raiz de casca rugosa, de cor marrom e de po mandioca é uma planta dicotiledonea da família Euphorbiaceae genero Manihot. Este genero compreende várias espécies, das quais destacam, do ponto de vista econômico, a M. utilissima Pohl (sinonímia da espécie M. esculenta Crantz) e a M. dulcis Pax. A principal diferença botânica existente entre estas duas espécies parece residir no fruto que, na e M. utilíssima Pohl é alado e na espécie M. dulcis Pax é liso. As variedades cultivadas no Estado de São Paulo pertencem a espécie M. utilíssima que, segundo a revisão de PAX e HOFFMAN, tanto podem se apresentar na forma doce como na amargosa.
Há dois grandes grupos de mandioca: a mandioca-mansa ou mandioca-doce e a mandioca-amaraga ou mandioca-brava. Essa divisão se baseia na qualidade de ácido cianídrico (uma substância venenosa) que cada variedade contém.
A mandioca-doce, também conhecida como aipim ou macaxeira, não é tóxica, sendo portanto comestível.
ORIGEM
O nome dado ao arbusto da manihot é maniva. Trata-se de um arbusto que teria tido sua origem mais remota no oeste do Brasil (sudoeste da Amazônia) e que, antes da chegada dos europeus à América, já estaria disseminado, como cultivo alimentar, até à Mesoamérica(Guatemala, México). Espalhada para diversas partes do mundo, tem hoje a Nigéria como seu maior produtor.
COMPOSIÇÃO

Composição por 100g
Calorias...................................... 151kcal
Glicídios ...........................................36g
Proteínas........................................... 1g
Lipídios.............................................. Tr
Cálcio............................................ 15mg
Fósforo......................................... 29mg
Ferro........................................... 0,3mg
Sódio............................................... 2mg
Potássio .....................................208mg
Fibras............................................. 1,9g
MODO DE USAR
A cultura da mandioca é tipicamente tropical é está ligada à própria história do Brasil. Embora seja pobre em proteínas, a mandioca tem sido consumida no Brasil desde a época da Colônia. Usada de diversas maneiras, como no preparo de pães, farinha, cuscuz, polvilho ou como acompanhamento de outros pratos, principalmente carne.

PRECAUÇÕES/TOXIDADE
A variedade tóxica
Toxicidade
Mais detalhes: http://plantastoxicas-venenosas.blogspot.com
Há variedades de mandioca, chamadas "bravas" cujas raízes, quando ingeridas cruas ou mesmo cozidas, podem provocar intoxicações, porque encerram uma substância (um glicosídeo cianogenético de nome "linamarina") capaz de produzir ácido cianídrico (HCN) quando em presença dos ácidos ou enzimas do estomago. As variedades "mansas" (aipins ou macaxeras) também o encerram, porém em quantidades inócuas. A secagem (pelo calor do sol ou de secadores) elimina veneno por volatilização.
www.diabetes.org.br/
www.vitaminasecia.hpg.ig.com.br
portalsaofrancisco.com.br
Formatação e pesquisa:HRubiales

Nenhum comentário:

Postar um comentário