PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

4 de nov de 2009

BURITI - Mauritia flexuosa L - Propriedades Medicianais - 62





Fruto

Fruto descascado



Árvore com frutos



BURITI
FAMÍLIA: Palmae
NOME CIENTÍFICO: Mauritia flexuosa L
NOME POPULAR
Carandá-guaçu; coqueiro-buriti; palmeira-do-brejo; miritiBuriti, miriti (PA); boriti; moriti; muriti; caradáguaçú; carandai-guaçú; palmeira dos brejos
PARTE USADA:Frutos
PRINCÍPIO ATIVO
Carotenóides (pró-Vitamina A),
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
*Pele:carotenóides (pró-Vitamina A), já muito conhecidos por suas propriedades protetoras para a pele.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA
Palmeira robusta e elegante de 20-30 m de altura, com tronco (estipe) solitário e ereto, sem ramificação, liso e com anéis uniformemente espaçados, de 30-60 cm de diâmetro. No ápice do estipe encontra-se uma coroa de 20 folhas de até 4 m de comprimento. É uma planta dióica ou polígamo dióica, ou seja, existem indivíduos com flores masculinas e indivíduos com flores femininas e hermafroditas. O fruto é uma drupa globoso-alongada de 4-7 cm de comprimento, constituída de epicarpo (casca mais externa) formado de escamas rombóides de cor castanho-avermelhada; mesocarpo (parte comestível) representado por uma massa espessa de cor alaranjada; endocarpo esponjoso que envolve a semente muito dura. Uma única planta pode conter até 7 cachos de frutos, com uma média anual de produção de 5000 frutos.
FRUTO
Elipsóide, castanho-avermelhado, de superfície revestida por escamas brilhantes. Polpa marcadamente amarela. Semente oval dura e amendoa comestível. Frutifica de dezembro a junho.
Buriti na língua indígena significa "a árvore que emite líquidos" ou "a árvore da vida". Considerada sagrada pelos índios por dela se fazer tudo o que é necessário para a sobrevivência, a casa, os objetos e a alimentação. Em Macaúbas é encontrado em diversos lugares da região das serras. Da palmeira se aproveita quase tudo: com as palhas são feitas coberturas de casas, gaiolas, cercas; dos frutos faz-se doces, picolés, vitaminas. É uma importante fonte de renda para diversas famílias.
ORIGEM: Brasil - Regioes brejosas de várias formaçoes vegetais
COMPOSIÇÃO
Composição química de 100g da polpa do Buriti
Calorias .............................................114,9
Glicídios (g)........................................ 2,16
Proteínas (g)...................................... 2,95
Lipídios (g)...................................... 10,50
Ca (mg) ...............................................158
P (mg)................................................... 44
Fe (mg)............................................. 5,00
Vitaminas
A (mcg)........................................... 6.000
B1 (mcg)............................................... 30
B2 (mcg)............................................. 230
C (mcg).............................................. 20,8
Niacina (mcg) .................................0,700
MODO DE USAR E INDICAÇÃO
*Estudos adicionais demonstram que o óleo também é muito útil para o cuidado dos cabelos, especialmente os danificados. O uso do óleo em condicionadores pode ajudar a recuperar a força e maleabilidade dos fios.
*Entre os sucessos já lançados, destacam-se os produtos solares, pré e pós-solares e maquilagens. Japão, França e Estados Unidos parecem especialmente atraídos pela sua cor vermelha intensa.
*Ajudam na recuperação da pele queimada ou machucada.
*Grande capacidade de renovação celular. Funciona como um excelente esfoliante natural, removendo as células mortas e proporcionando vitalidade à pele.
*A polpa dos frutos é utilizada para fazer doces e sorvetes,
* O óleo extraído da fruta tem valor medicinal para os povos tradicionais do Cerrado que o utilizam como vermífugo, cicatrizante e energético natural, também é utilizado para amaciar e envernizar couro.
*A incisão da inflorescência, antes de desabrocharem as flores, fornece um líquido adocicado que, se fermentado, se transforma no "vinho de buriti", podendo este ser preparado também do mesocarpo do fruto, de onde se fabrica o famoso doce de buriti.
Fonte: www.biologo.com.br
cosmeticosbr.com.br
bairroburitis.com
portalsaofrancisco.com.br
Formatação e pesquisa:HRubiales
BURITI

Nenhum comentário:

Postar um comentário