PLANTAS MEDICINAIS

As plantas consideradas medicinais, contém substâncias bio-ativas com propriedade terapêuticas, profilática e paliativa, conhecidas desde os tempos remotos. Essas plantas são utilizadas pela medicina atual, chamada fitoterápia e suas propriedades são estudadas nos laboratórios farmacêuticos, a fim de isolar as substâncias que lhe conferem propriedades curativas. Muitas destas plantas são venenosas ou tóxicas, devendo ser usadas em doses muito pequenas para terem o efeito desejado. Toda a planta, mesmo alimentícia, pode ser potencialmente tóxica dependendo da dosagem.

PASSE O CURSOR SOBRE A FOTO PARA LER (NÃO CLIQUE)

TEMÁTICA

As plantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia). Entretanto, a planta “in natura” ou pré porcessada utilizada pela população sem recomendação médica é uma prática denominada “Medicina Popular” e obviamente tem seus riscos, como a dificuldade em se estabelecer dose, posologia e, em alguns casos, a verdadeira identidade de algumas espécies.

Desta forma, este espaço apresenta o uso das plantas medicinais como alternativa terapêutica e para tanto, deve ser acompanhada por um profissional da saúde.



LED Scroller Generator

As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento e muito menos de diagnóstico, apenas informativa. Consulte sempre um profissional da saúde para qualquer tipo de informação.

20 de fev de 2011

PIMENTA DO REINO - Piper nigrum L - Propriedades Medicinais - 94






FAMÍLIA
Piperáceae
NOME CIENTÍFICO
Piper nigrum L
NOME POPULAR
Pimenta-preta, pimenta-da-india, motanga, malago. Portugal: pimenta, pimenta-comum, pimenta-negra, pimenta-branca, pimenta-da-india, pimenta-canarim, pimenta-redonda; Espanha: pimentero, pimienta [blanca de la india], pimienta negra [de la india],; França: poivrier; Inglaterra: peper [common], white pepper.
PARTES USADAS
Seus frutos secos com casca (pimenta negra) ou sem ela (pimenta branca)
PRINCÍPIO ATIVO
Alcalóides e resinas dentre outros.
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS
A capsaicima que dá o ardido da pimenta é que possue propriedades benéficas à saúde: Rica em vitamina A, B1, B2, C, E e niacina. Tem propriedades analgésicas e energéticas. Reduz a formação de coágulos no sangue e é vasodilatadora.  Atua no cérebro estimulando a produção de endorfina, hormonio que produz a sensação de bem estarA capsaicina tem ação antioxidante, antiinflamatório e anti-câncer. A capsaicina adicionada à dieta pode reduzir o desejo de comer, sendo benéfico ao tratamento da obesidade

INDICAÇÃO
É indicada para aumentar a produção de sucos digestivos, é também indicada para a redução de gases. Como condimento, é um afrodisíaco leve.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA

Planta trepadeira perene que pode atingir até 5 metros de altura; ramos de crescimento e reprodutivo. Folhas verde-claras com formato de coração. Raízes adventícias e algumas pivotantes. Flores femininas, masculinas ou bissexuais, reunidas em inflorescências. Fruto (baga) pequeno e globoso com uma só semente, em espigas, de cor avermelhada quando madura.



ORIGEM
Originárias do sudeste da India.
MODO DE USAR
Como condimento
CONTRAINDICAÇÃO
É contra-indicada aos que sofrem de gastrite, úlceras, pancreatite, hemorróidas e hipertensão.
PRECAUÇÕES
Ingerida em abundância produz irritação das mucosas digestivas e urinárias, bem como aumento da pressão arterial.
Formatação e pesquisa: HRubiales 
Fonte:
cpap.embrapa.br
Pt.wikipedia.org
cantoverde.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário